Caravana Literária

Está chegando o dia!
A Caravana Literária faz sua primeira parada em Jundiai/ SP, no dia 14 de abril a partir das 14h00.
Local: Rua Barão de Teffé nº 294 – Bairro: Anhangabaú – Cidade: Jundiaí /SP.
Entrada: Gratuita
Não perca a oportunidade de bater um bom papo com excelentes autores. Vai ter brindes, sorteios, livros e muito abraço. Eu estarei lá, tá?

Acidente Vascular Cerebral

Há três anos sofri um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico, o qual foi impactante na minha vida. Razão pela qual me despertou o interesse em estudar o assunto e compartilhar algumas informações que considero importantes para incentivar as pessoas a se prevenirem dos danos que essa doença pode causar na vida delas, dos familiares ou amigos.

As informações aqui contidas foram extraídas de sites médicos e a identificação da fonte de pesquisa consta no final da página. Então vamos ao tema central.

De acordo com especialistas, o Acidente Vascular Cerebral – conhecido pela sigla AVC e popularmente como “derrame” –, por ser uma das doenças que mais matam no mundo, é uma urgência médica que precisa ser rapidamente diagnosticada e tratada, pois quanto antes diagnosticada, menos danos o paciente sofrerá.

O AVC pode ser classificado como: isquêmico e hemorrágico.

AVC Isquêmico (AVCI)

O AVC isquêmico se dá quando há a obstrução da artéria, impedindo a passagem de oxigênio para as células cerebrais, essa condição é chamada de isquemia. Nos primeiros momentos em que o fato ocorre não há morte do tecido cerebral, mas, por conta da falta de suprimento sanguíneo, ele se degenera rapidamente. Porém, há uma região em volta do acidente, que possui fluxo de sangue reduzido e que se mantém vivo ainda por um tempo. É justamente nessa região que os esforços terapêuticos se concentram na hora do tratamento. A obstrução da artéria pode acontecer por um coágulo de sangue, conhecido por trombo, que se forma na parede do vaso sanguíneo, ou por um trombo que se desloca pela corrente sanguínea até ficar preso em um vaso sanguíneo menor que sua extensão.

No AVCI há um subtipo chamado Ataque Isquêmico Transitório (AIT), que se caracteriza pelo entupimento passageiro em um dos vasos sanguíneos, mas que não chega a causar uma lesão cerebral. Ou seja, é um déficit de sangue momentâneo que se reverte em poucos minutos ou em até 24 horas, sem deixar sequelas.

É importante saber que o AIT ou o AVC ocorrem sempre, ou quase sempre, subitamente e os principais sintomas são: fraqueza ou dormência em um lado do corpo; dificuldade para falar, entender as coisas, para engolir, andar e enxergar, além da perda da força da musculatura do rosto, deixando a pessoa com a boca torta; de tontura, que leva ao desequilíbrio e queda; e alteração da memória.

Muitas são as causas do AVCI, entre as mais conhecidas estão: hipertensão; tabagismo; obesidade; alto nível de colesterol; histórico familiar de doenças cardíacas ou diabetes; alcoolismo; e idade avançada.

AVC Hemorrágico

O AVC é hemorrágico quando há o rompimento de um vaso cerebral, ocorrendo um sangramento (hemorragia) em algum ponto do sistema nervoso. O AVC hemorrágico não é tão comum quanto o isquêmico, no entanto, pode causar a morte mais frequentemente. Traz algumas complicações temporárias ou permanentes – isso vai depender da intensidade do acidente e de quanto tempo o cérebro ficou sem receber oxigênio.

Assim como o AVC isquêmico, os sintomas do AVC hemorrágico se caracterizam por perda neurológicas e são parecidos: Dor de cabeça muito forte; paralisia de um dos lados do corpo; dificuldade para falar, pensar e engolir; alterações visuais, como perder parte ou totalmente o campo visual; e sintomas motores ou sensitivos, como dormência no rosto, mãos e pernas.

A principal causa do AVC hemorrágico é a hipertensão arterial, condição que acaba enfraquecendo as artérias do cérebro, tornando-as mais propensas à ruptura. Os fatores que podem aumentar a pressão arterial são: diabetes; tabagismo; colesterol alto; alcoolismo; sobrepeso e obesidade; sedentarismo; e estresse.

Há alguns casos extremamente raros de pessoas que sofrem mudanças peculiares após o AVC, como alterações comportamentais e até mesmo de personalidade, dependendo da área do cérebro que é afetada.

É válido ressaltar que algumas das complicações são incapacitantes e outras podem ser revertidas com programas de recuperação e reabilitação. Mas atenção!, faça acompanhamento médico adequado, e na presença de sintomas citados é importante ir imediatamente ao pronto-socorro. Não esqueça que o AVC acontece “subitamente” e a recuperação – quando há –, bem, essa é lenta, muito lenta.

Confesso que apesar da paciência que adquiri com a experiência do AVC, não é nada fácil lidar com a desorganização cerebral, mas a vida segue, e como segue! Cuide-se.

Ana Costa
___________________________
Fonte: Dr. Roberto de M. Carneiro de Oliveira – http://www.saudedireta.com.br/docsupload/1389698240visao_medica_dez_parte_001.pdf https://minutosaudavel.com.br/avc-isquemico-e-hemorragico-o-que-e-sintomas-causas-e-sequelas/#fatores-risco-avc
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/avc-hemorragico

Caravana Literária – Jundiaí

Caravana Literária – Jundiaí
Prepara, Jundiaí!
O Caravana Literária faz sua primeira parada nessa linda cidade no dia 14/04/2017!
Autores incríveis, abraços, bate papo delicioso, livros com precinhos especiais e claro, muitos brindes!
Espero por vocês. Venha para o mundo literário!
Link do evento:
https://www.facebook.com/events/938947342934273/

TROFÉU LITERATURA 2017

TROFÉU LITERATURA 2017 – 01/12/2017
Estou Muito honrada em receber o Prêmio de Literatura 2017, na categoria de melhor livro biográfico de língua portuguesa, concedido à obra “Volta, se houver motivo para voltar”. Agradeço aos membros da Comissão Organizadora, em particular, à Curadora do Troféu, a jornalista, escritora e editora, Jo Ramos, pelas iniciativas literárias e apoio ao escritor nacional.
Um Prêmio dessa importância não se ganha sozinha, por isso, dedico àqueles que acreditaram, apoiaram e deram suporte para a realização do projeto: Meu filho João Pedro Costa; aos demais familiares; Clary Khalifeh, Cleber Lima, Catia Gregório, Giselda Costa, Lina Menezes, Luiz Fernando Bolognesi , Aurora Seles, Newton Rocha Nitro, Mariana Lima de Sousa, Marcelo Sousa e à Editora Scortecci (João Scortecci). Dedico também aos meus amigos, leitores, seguidores, blogueiros e a todos os escritores nacionais.
A escritora homenageada, Carolina Maria de Jesus, referia que: “Tem pessoas que quando estão nervosas, xingam ou pensam na morte como solução. Eu escrevia o meu diário”. Assim como ela, nos momentos difíceis decidi escrever. Nunca tive grandes pretensões literárias, tudo foi acontecendo naturalmente, mas, já que aconteceu não vou fingir que não mereço. Enfim, meu coração pulsa de gratidão, sobretudo, gratidão ao Universo, que me deu a oportunidade de me tornar livre, e hoje estou onde quero estar, com quem quero estar e fazendo o que quero fazer.

Prêmio Jabuti 2017

Agradeço o apoio dos meus familiares, aos amigos que curtem e compartilham meu trabalho; aos blogueiros parceiros, pelo carinho e divulgação do livro; e à Editora Scortecci, graças a todos vocês estou concorrendo ao Prêmio Jabuti 2017, na categoria “Biografia”.