Felicidade

Felicidade me define.
Em reconhecimento ao bem que nos faz a literatura, separei alguns exemplares do meu livro “Volta” e resolvi fazer uma campanha de incentivo à leitura. Deixo-o no banco de transporte público, táxi, uber, em cadeiras de recepção de laboratórios, hospitais, enfim, onde tenho oportunidade. Faço dedicatória e um bilhete explicando o projeto, onde termino dizendo, “…caso queira, entre em contato com a autora”.
Olha o que eu recebi da Simone, funcionária de um laboratório:
“Você tornou meu percurso de trem (Jundiaí / SP) mais interessante, pois li a metade do livro qdo vinha e a outra metade na volta,,.me diverti muito com sua narrativa, chorei c vc, me emocionei, e posso te garantir q também pude aprender c vc….sua determinação, sua vontade de viver. E o mais engraçado kkkk no trem os passageiros devem ter me achado bem louca, pq uma hora eu ria outra hora meus olhos se enchiam de lágrimas. Vc me inspirou a ler mais…depois do seu livro, já li mais dois e estou na metade do terceiro. Quero te agradecer pela oportunidade de te conhecer. Espero te ver no ano q vem fazendo as rotinas e com mais novidades p nós leitores. Deus te abençoe!!!”.

Será que isso tem preço, pessoal? Evidente que não.

PS: Dia 25/07/2017 será o dia do “Esqueça um livro e espalhe conhecimento.”
Vamos nessa galera!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *